Confidencial
Subscrever Newsletter

 

Guiné-Bissau: Ibraima Sory Djalo reage à escolha de Abel Incada | Jornal Digital
Lusofonia

Para candidato do PRS

Guiné-Bissau: Ibraima Sory Djalo reage à escolha de Abel Incada

2014-01-30 11:31:33

Bissau – Abel Incada foi eleito o candidato do Partido da Renovação Social (PRS) às eleições Presidenciais de 16 de Março, destronando Ibraima Sory Djalo, que reagiu negativamente ao resultado.

Abel Incada era, até aqui, um dos vice-Presidentes da Câmara do Comércio, Industria, Agricultura e Serviços. Foi eleito com 79 votos a favor, contra os 29 de Ibraima Sory Djalo, um dos veteranos fundadores do partido e Presidente da Assembleia Nacional Popular (ANP). Na corrida estavam também o empresário Baltazar Alves Cardoso e Jorge Malu, antigo Presidente da ANP.

Aparentemente revoltado com a escolha de Abel Incada como candidato oficial do PRS às Presidenciais que se avizinham, Ibraima Sory Djalo disse que o resultado tem uma «base tribal» bem patente.

«Estou de acordo com o acto eleitoral em si, mas foi uma escolha meramente tribal porque Abel Incada não estava contemplado na corrida», assegurou o actual Presidente da ANP.

Em consequência, Ibraima Sory Djalo disse que não vai aliar-se ao PRS nestas eleições. Contudo, descartou a possibilidade de concorrer às Presidenciais de forma independente ou de apoiar outra figura.

Numa primeira reacção, o empresário Abel Incada prometeu, em caso de vitória, ser um Presidente que vai pugnar-se pela separação de poderes e pautar-se pela justiça e unidade nacional.

«Os guineenses devem ter a união, pois sem a união não haverá paz e estabilidade. Aliás, durante a luta de libertação nacional, Amílcar Cabral promoveu uma cultura de união, onde não se sentia o divisionismo tribal ou religioso», referiu o candidato oficial do PRS às Presidenciais de 16 de Março.

Alberto Nambeia, Presidente do PRS, afirmou que não há vencidos nem vencedores, apelando à tolerância e compreensão de Ibraima Sory Djalo face ao cenário que envolveu a escolha de Incada.

Nambeia lembrou ainda que a «regra» democrática foi a expressão máxima e, por isso, apelou ao envolvimento político de todos os dirigentes e militantes do partido, congregando-se à volta do seu candidato.

(c) PNN Portuguese News Network

Partilhar
MAIS ARTIGOS...
  Guiné-Bissau: Paulo Gomes reconhece derrota e recusa apoiar candidatos na segunda volta
  Guiné-Bissau: José Ramos-Horta aceita as críticas do líder da UPG
  Guiné-Bissau: Candidato Presidencial do PAIGC acredita em vitória na segunda volta
  Guiné-Bissau: Presidente do PAIGC felicita eleitores pela vitória do seu partido
  Moçambique: Armando Guebuza acusa Renamo de «provocação»
  Moçambique: LAM anuncia trasladação das vítimas mortais do voo TM-470
  Cabo Verde: Ministra das Finanças anuncia revisão da lei das privatizações de 1992
  Guiné-Bissau: Empresa russa «Photo SARL» inicia construção da ponte sobre o Rio Cool
  Angola sem novos casos de poliomielite há mais de dois anos
  Guiné-Bissau: Resultados eleitorais
  Timor-Leste e China reafirmam a construção das relações bilaterais
  Angola: Eduardo dos Santos recebe líder da UNITA

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


MultimÉdia
   
ERC delibera que o espaço do quinto canal permanece reservado
   
RTP regista queda de 62% no lucro
   
Petição pública visa desclassificar vencedora do Festival da Canção
Cartoon
Jornal Digital | Notícias em Tempo Real | Desde 1998
Hospedagem de Sites Low Cost Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais