Confidencial
Subscrever Newsletter

 

Mali: Rápida degradação da situação humanitária no norte do país | Jornal Digital
Internacional


Após o golpe militar

Mali: Rápida degradação da situação humanitária no norte do país

2012-04-05 15:33:22

Bamako – Depois do golpe militar no Mali, os rebeldes tuaregues tomaram o poder na região norte do país, em poucos dias.

O Movimento Nacional pela Libertação do Azawad (MNLA), o grupo islâmico Ansar Edine e a Al-Qaeda no Magrebe Islâmico disputaram as localidades mais importantes tomadas pelos revoltosos.

Kidal, Gao e Timbuktu, principais cidades do norte do país encontram-se sob o domínio dos revoltosos e os relatos das populações locais são de terror. Detenções arbitrárias, perseguições religiosas e violações têm sido testemunhadas pelas populações locais que, se debatem ainda, com a escassez de combustíveis, água e mantimentos.

O MNLA e os extremistas religiosos têm vindo a praticar diversas violações aos direitos humanos sobre a população civil perante a ausência de autoridades de segurança do país e perante o silêncio da Comunidade Internacional.

Em Timbuktu os comandos rebeldes tuaregues que tomaram de assalto a cidade têm roubado mantimentos e dinheiro às famílias. A sharia já é aplicada nas regiões sob o domínio dos extremistas religiosos, encontrando-se as mulheres proibidas de sair de casa sem estarem cobertas.

(c) PNN Portuguese News Network

Partilhar
MAIS ARTIGOS...
  São Tomé e Príncipe: Ex-ministro da Defesa candidata-se às Legislativas pelo PND
  Oscar Pistorius ilibado da acusação de homicídio premeditado
  ONG denuncia possíveis crimes de guerra de Israel em Gaza
  Coligação contra Estado Islâmico conta com mais de 40 países
  Instituto da África Ocidental considera que sistema de saúde no continente «não funciona»
  Obama vai anunciar na quarta-feira plano para derrotar o grupo terrorista Estado Islâmico
  São Tomé e Príncipe: Governo garante ligação marítima inter-ilhas
  Uma em cada dez meninas é vítima de violência sexual
  Universitária norte-americana carrega o colchão em que foi violada como forma de protesto
  Estado Islâmico decapita outro jornalista norte-americano
  ONU critica anexação de 400 hectares da Cisjordânia por Israel
  Manifestantes paquistaneses cortam emissão de televisão estatal

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


MultimÉdia
   
Subscrição de TV integrada em pacote regista aumento
   
Morreu jornalista russo desaparecido na Ucrânia
   
Judite Sousa regressa à televisão com entrevista a Cristiano Ronaldo
Cartoon
Jornal Digital | Notícias em Tempo Real | Desde 1998
Hospedagem de Sites Low Cost Cabinda Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Notícias grátis no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais